quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Dia Mundial Contra o VIHSIDA

    A estimativa da UNAIDS ( AIDS epidemic update, UNAIDS, www.unaids.org ) aponta para cerca de 42.000 pessoas infectadas em Portugal (cerca de 0,4% da população Portuguesa).


    Desde 2000, tem-se verificado um aumento proporcional do número de casos de transmissão heterossexual e diminuição proporcional dos casos associados à toxicodependência. Desde 1999 observa-se que são notificados com maior frequência casos de SIDA em grupos etários superiores (acima de 45 anos).


    (em http://www.roche.pt/sida/estatisticas/portugal.cfm)





     (...) 'um estudo indica que 28% das mulheres portuguesas ainda acredita que o contacto com fluidos corporais que não sangue (saliva, suor e espirros) e o contacto corporal não sexual podem ser formas de transmissão do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH).'


   (resultados de um estudo publicado no jornal Publico em 30-11-2011)


    'Ao mesmo tempo que se defende a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde [SNS], é indispensável assegurar que a preocupação com a infecção VIH/sida continua no centro das políticas de saúde e não permitir a fragilização das estruturas existentes.'


    (documento que recomenda ao Governo a adopção de medidas tendentes ao combate da infecção em Portugal, com vista à sua erradicação, em notícia no jornal Publico em 01-12-2011)


    'A nível mundial, Por dia, 2500 jovens são infectados com o VIH, diz o Relatório “Oportunidades na Crise”( Publicação conjunta de UNICEF, ONUSIDA, UNESCO, FNUAP, OIT, OMS e Banco Mundial apresenta pela primeira vez dados sobre os adolescentes e o VIH) publicado a 1 de Junho 2011.


  Em Portugal, a associação Abraço tem sido das instituições mais empenhadas em combater a doença. 





   



1 comentário:

  1. Olá... pelos vistos cá em Portugal anda tudo a dormir...

    ResponderEliminar