terça-feira, 29 de novembro de 2011

Clonagem humana- Quimeras ou Realidade?

   Simplificando: transfere-se um núcleo de uma célula humana para um óvulo humano ou não-humano e permite-se o desenvolvimento do embrião, a partir do qual se retiram células com todo o potencial para originar um novo ser humano. O processo esquematizado abaixo é possível e relativamente simples, mas tratando-se de um mamífero, a clonagem (não-natural) de um ser humano é um processo complexo e (ainda) não conhecido. (Veja-se o caso da ovelha Dolly, com dezenas de embriões implantados mas  apenas um tendo originado um clone não-natural)


    Se / Quando a Ciência e Tecnologia assim o permitirem, levantar-se-ão questões éticas de difícil resolução. 


   Que dúvidas, angústias ou receios lhe suscita esta técnica e a possibilidade de clonar seres humanos?


   Deixe o seu comentário!  


1 comentário:

  1. O avanço tecnológico é inquestionável, mas será que este avanço possibilitaram um avanço na consciência humana. Sabemos que os humanos são seres de pensamento capitalista, e será que estes seres hibrido, clonados será capazes de se socializarem como a sociedade humana comum? eis uma questão a se pensar...

    ResponderEliminar